• Leia onde estiver

  • Posts recentes

  • projeto paralelo

    Hiper - Estudos em Comunicação Digital
  • del.icio.us

  • now in theaters

gremista explica a copa toyota

DIÁLOGO DE PAI GREMISTA COM SEU FILHO

Domingo, dia 17 de dezembro, o filho gremista pergunta para o pai, também gremista:

– Pai, porque os colorados estão comemorando?
– Porque eles foram campeões do mundo, diz um conformado pai.
– Mas pai, nós também somos campeões do mundo, né?
– Sim!, exclama imediatamente um animado pai. Ao fundo, foguetório.
– Pai, tem vídeo teu no youtube na comemoração e fotos da festa do Mundial?
– Não, guri. Naquela época não existia youtube e câmera digital. Aliás, nem internet tinha.
– Não???? Bah, que estranho… E o Inter ganhou do Barcelona, aquele time que vemos todos os domingos na tv, né? E nós, de quem ganhamos?
– Do Hamburgo, 2×1 na prorrogação.
– Hamburger? Que time é este?
– HamburGO. Na época era o campeão europeu.
– E depois?
– Nunca mais ganhou nada, hoje é time médio na Alemanha. Eles foram com time misto, tavam mal no Alemão.
– Mas eram bons? Tinham craques que nem o Ronaldinho, o Deco, o Eto’o?
– Claro, tinha o… Rollf e o Magath!

Confuso, mas confiando no pai, o guri diz:
– Hm, tá bom… Ah, este Hamburger era que nem o Once Caldas da Colômbia, né?
– Como você pergunta coisas! Já falei que é HAMBURGO, com GÊ-Ó no final! O que mais tu quer saber, hein?
– Contra quem jogamos nas semifinais? Um time da Ásia?
– Não, guri. Na época não tinha isto, era um jogo só da Europa contra a América do Sul.
– Hm, entendi.. Então na época, só haviam descoberto dois continentes?
– Mas saco (nesta hora o pai já está bem irritado com o interrogatório)! Não, é que não tinha representantes dos outros continentes. Era só 1 jogo, e só entre eles.

Tentando amenizar, mas muito curioso ainda, o menino pergunta:
– Pai, tem imagem de TV da entrega da nossa taça do Mundial?
– Tenho! Peraí, tenho que pegar o videocassete betamax que tá no sótão e instalar na TV velha da sala. O pai vai rápido, todo feliz e instala em 10 minutos. A imagem tá ruim, mas dá para ver a entrega direito.

Neste momento, passa uma horda de colorados na frente do prédio gritando: “colorado, colorado: nada vai nos separar…”
– Pai, quem é este japonês que tá entregando a taça pro nosso time? Era o presidente da FIFA na época? Quem era antes do Blatter?
– Hm, não lembro. Deixa eu ver o que tá escrito na tela. Ah, tá ali. “Toyota Maintenance Manager”, então é o Gerente de Manutenção da Toyota.
– Entendi tudo então pai! Então quer dizer que também somos campeões do mundo, mas na época não tinha internet nem câmera digital, e gravado em um sistema que não existe mais. Que ganhamos de um time que era zebra na Europa, que não tinha semifinal e o mundo do futebol só tinha dois continentes. E que o prêmio pela conquista foi entregue por um funcionário subalterno da patrocinadora do jogo…

O pai suspira, escutando pela milésima vez ao fundo “.. o teu presente diz tudo, trazendo a torcida alegres emoções…” e diz: “é, vai ser difícil convencer o outro…”

Escrito por: Alexandre Perin.

eu aderi

bateu as botas

alguém mais percebeu que o Globo Media Center morreu?

vou mandar uma coroa de flores… foi tarde.